Três modificações grandes

Críticas, opiniões, sugestões e colaboração para o desenvolvimento do Epidemic 4.1 Beta 2
Avatar do usuário
Bequimão
Epidemic Administrador
Mensagens: 466
Registrado em: Dom Out 10, 2010 10:40 am
Localização: Mannheim, Alemanha

Três modificações grandes

Mensagempor Bequimão » Qui Mai 21, 2015 3:37 pm

Olá amigos,

Havia 3 modificações enormes ultimamente no Epidemic 4.1 Beta 2. Infelizmente todas ocorreram ao mesmo tempo.

1º o suporte do UEFI, o que é absolutamente necessário para que o Epidemic funcione em computadores atuais. Por sorte, já tenho um e fucei bastante com o UEFI.

2º o systemd, a inicialização do sistema em vez do sysvinit. Isto serve para manter a compatibilidade com a distribuição mãe, o Debian, e as demais distribuições do Linux. Ele funciona bem em todas as instalações que tenho, mas infelizmente não tenho a experiência para dar suporte se algo passa mal.

3º o Fenix Down, sistema de recuperação do Epidemic criado pelo James
Como vimos aqui O Epidemic em aufs? trata-se de uma instalação complicadíssima mesmo para um usuário experimentado do Linux, em sistemas de arquivos pouco conhecidos e sem suporte do próprio kernel do Debian. Eu torço para que o James solucione os problemas em torno do aufs, mas acho que é um desperdício de tempo e esforços que vai atrasar uma versão estável do Epidemic mais do que é preciso. Sou um usuário do openSUSE 13.2 que vem com o sistema de arquivos btrfs (better-fs) como padrão que oferece melhores possibilidades de recuperação. Tem muita polêmica sobre o btrfs, e nunca precisei ou ainda testei a recuperação do sistema alí. Mas se trata de uma instalação estável, e o que é mais importante, tem uma própria equipe de desenvolvimento e suporte de todos os kerneis do Linux. Então o meu voto é abandonar o Fênix down, e em um momento distante, oferecer o sistema de arquivos btrfs como opção. Além do mais, já pedi o suporte do LVM (Logical Volume Manager) no instalador do Epidemic já há bastante tempo ...

Abraços
Bequimão
Windows é chato, Linux não funciona.
deusdara
Epidemic Usuário
Mensagens: 192
Registrado em: Seg Fev 22, 2010 8:17 pm
Localização: Vila Velha, ES

Re: Três modificações grandes

Mensagempor deusdara » Sex Mai 22, 2015 8:12 am

Olá

Uso o Epidemic desde quando foi lançando e nunca precisei fazer recuperação do sistema.

Acredito que o Pheonix Down seja mais um detalhe no Epidemic. Desculpe esta minha visão sobre esta parte do Epidemic.

Porque não lançar o Epidemic 4.1 B2 e trabalhar no Pheonix Down sem pressa de ter uma versão pronta do Epidemic com recuperação do sistema?
[Mobo: Asus B85M-E/BR ][CPU: Intel Core i7 4790@3.6 GHz][RAM2x4 GB 1333 MHz DDR3 Kingston][GPU: nVidia GTX 570][HD:Seagate 1,0 TB SATA II][Fonte: ThermalTake TR2 RX 750 W][Epidemic parou de funcionar]
Avatar do usuário
atf
Desenvolvedor
Mensagens: 160
Registrado em: Sáb Out 06, 2012 9:24 am
Localização: Rio de Janeiro
Contato:

Re: Três modificações grandes

Mensagempor atf » Sex Mai 22, 2015 11:08 am

Vou fazer coro com o bequimão quanto ao "aufs", principalmente na questão do suporte. Creio ser um pouco temerária uma alteração dessa monta sem uma perfeita base de suporte. Isso pode, até mesmo, desacreditar o projeto.
Vou estudar mais o "systemd" que, apesar de não gostar muito de sua complexidade, parece ser algo irreversível. Realmente, em se tratando dos recursos oferecidos, está muito acima do "systemv".
atf
LinuxUser#142898
Avatar do usuário
PauloCreto
Epidemic Administrador
Mensagens: 780
Registrado em: Qua Mai 25, 2011 6:59 am
Localização: São Caetano de Odivelas - Pará
Contato:

Re: Três modificações grandes

Mensagempor PauloCreto » Sex Mai 22, 2015 4:30 pm

Bem, a opinião do Creto, não posso fazer coro com ninguém, já que minha visão é na parte user final e não tão técnica.

Eu posso me considerar um "instalador de distros (e outros SOs por profissão)", saberei em poucos segundos ou minutos reverter qualquer problema que possa haver durante uma instalação.

Mas como eu disse lá no inicio dessa versão, uso sempre um HD dessa forma ai (esse sem UEFI):

Código: Selecionar todos

cretokaiana@cretokaiana:~$ sudo fdisk -l
[sudo] password for cretokaiana:

Disco /dev/sda: 320.1 GB, 320072933376 bytes
255 cabeças, 63 setores/trilhas, 38913 cilindros, total de 625142448 setores
Unidades = setores de 1 * 512 = 512 bytes
Tamanho do setor (lógico/físico): 512 bytes / 512 bytes
Tamanho da E/S (mínimo/ideal): 512 bytes / 512 bytes
Identificador do disco: 0x0007c469

Dispositivo Boot      Início        Fim      Blocos   Id  Sistema
/dev/sda1            2048    39068453    19533203   83  Linux
/dev/sda2        39068454   625137344   293034445+   5  Estendida
/dev/sda5        39068518    42978672     1955077+  83  Linux
/dev/sda6        42978674    82045078    19533202+  83  Linux
/dev/sda7        82045080   121111484    19533202+  83  Linux
/dev/sda8   *   121111486   160177890    19533202+  83  Linux
/dev/sda9       160177892   625137344   232479726+  83  Linux
cretokaiana@cretokaiana:~$


Onde /dev/sda9 é minha /home que é sempre compartilhada entre 3 ou 4 distros o particionamento do meu Notebook Dell que tem o Epidemic e por enquanto apenas mais o Mint Cinnamon 64 bits também é algo parecido com isso tres partições para ser usadas como /raiz uma swap mesmo o PC tendo 4GB de ram não abro mão dela e a home.

Sei que muito esta modernizando e ficando diferente mas ter esse impecilio de particionamento não será uma questão particular do Creto, muitos irão achar complicado meter o Epidemic em um HD em dual boot.

Como disse, nada sei da parte técnica...como posso dizer? ... a parte técnica detalhada da forma que é feita, o suporte dado e etc., como disse é a visão de um usuário final que creio ser desde sempre o foco do do projeto Epidemic GNU/Linux. Eu sempre recomendarei algumas distros a iniciantes tanto local (aqui na minha cidade) como na rede e com toda certeza o Epidemic sempre será uma dessas indicações.

Mas o que valhe lembrar aqui, é que apesar de sermos poucos aqui, pode ser que de uma hora para outra a comunidade esteja cheia de experientes e novos usuários da plataforma GNU/Linux, ...antes de continuar..., eu quero frizar que meu comentário jamais será uma forma destrutiva ou critica infudada do assunto, pois como teimo em repetir, minha visão é o usuário final.

Muito obrigado pela paciência comigo.

T+
Creto kde-look1 kde-look2
São Caetano de Odivelas - Soure/Ilha do Marajó - Pará
Não basta conquistar a sabedoria, é preciso usá-la. (Cícero)
Imagem

Voltar para “Epidemic 4.1 Beta 2”

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 4 visitantes