Epidemic GNU/Linux

Blog

Configurando o Kmail para trabalhar com o GPG

Introdução

Neste tutorial, vamos aprender a configurar o Kmail para trabalhar com o GPG, permitindo, assim, assinar e-mails e enviar e-mails criptografados.

Instalando os programas necessários

Primeiro, vamos nos assegurar que já temos todos os programas necessários, executando, como superusuário (root), os comandos abaixo:

# ap-get update
# apt-get install gnupg gnupg-agent pinentry-qt4

Apenas esses comandos precisam ser executados como superusuário, todos os demais comandos devem ser executados como usuário comum.

Criando uma chave criptográfica

Se você ainda não possui uma chave criptográfica para o GPG, vai precisar criar uma, executando o seguinte comando

$ gpg –gen-key

Você pode verificar as chaves que possui executando o comando

$ gpg –list-key

Criando os arquivos de configuração necessários

Para que tudo funcione corretamente, vamos precisar criar dois pequenos arquivos de configuração, dentro da pasta ~/.gnupg/

O primeiro é o árquivo de configuração do GPG.

Abra o arquivo ~/.gnupg/gpg.conf com o Kwrite

$ Kwrite ~/.gnupg/gpg.conf

Adicione o conteúdo abaixo e salve o arquivo.

use-agent

O segundo é o arquivo de configuração do gpg-agent

Abra o arquivo ~/.gnupg/gpg-agent.conf com o Kwrite

$ kwrite ~/.gnupg/gpg-agent.conf

Adicione o conteúdo abaixo e salve o arquivo.

pinentry-program /usr/bin/pinentry-qt4
no-grab
default-cache-ttl 1800

Configurando o Kmail para assinar os e-mails usando a sua chave gpg

1 – Inicie o Kmail 2 – Vá em Configurações -> Configurar Kmail 3 – Clique no ícone Identidades 4 – Escolha a identidade que você estiver usando 5 – Clique em Modificar -> Criptografia -> Chave de assinatura OpenPGP -> Alterar 6 – Escolha a sua chave e clique em OK

Kmail Identidades

7 – Agora clique no ícone Segurança 8 – Vá na aba Composição e marque as opções

Assinar mensagens automaticamente
Armazenar mensagens enviadas criptografadas
Sempre mostrar a chave de criptografia para aprovação

9 – Por fim, clique em OK para sair da janela de configuração

Kmail Segurança

Conclusão

Pronto, o Kmail já está configurado para trabalhar com o GPG.

Da próxima vez que você for enviar um e-mail, ele vai pedir que você digite a senha para assiná-lo. Mas não será preciso ficar digitando a senha novamente a cada email enviado, pois o gpg-agente armazena a senha na memória, pelo período de tempo especificado na opção default-cache-ttl.

Publicado em: Tutoriais

Faça um Comentário: (2) →

2 Comentários

  1. gariba araujo fevereiro 26, 2013

    Gostei muito, mas fiquei com uma dúvida. Os destinatários de minhas mensagens vão conseguir ler as mensagens ou também vão precisar de uma chave para abri-las?
    Ou posso mandar normalmente?

    responder
    • jamesbenedito março 6, 2013

      Oi gariba araujo,

      É bom vê-lo por aqui.

      O procedimento que mencionamos é apenas para assinar os e-mails. Assim, se você fornecer sua chave pública para seus amigos, ou enviá-la para um servidor de chaves, as pessoas que tiverem acesso a ela, vão poder conferir a autenticidade dos e-mails que você enviar.

      Mas, se você quiser, é possível usar o gpg também para encriptar as mensagens que serão enviadas pelo Kmail, assim, só as pessoas que tiverem sua chave pública vão conseguir ler as mensagens.

      Abraços,
      James.

      responder

Faça um Comentário